Pesquisar
Close this search box.

Baixe o App

15 séries e filmes com protagonismo LGBTQIA+ para celebrar o Dia do Orgulho

Dia 28 de junho, Dia do Orgulho; Aproveite a data para dar play na representatividade!

A data foi instituída porque em 28 de junho de 1969, gays, bissexuais, lésbicas, intersex e, principalmente, travestis e drag queens que frequentavam o bar nova-iorquino Stonewall Inn decidiram se rebelar contra as batidas e agressões policiais, muito pautadas pelo preconceito às pessoas LGBTIA+. Ali nascia então o movimento que deu origem ao Dia do Orgulho e também a Parada do Orgulho LGBTIA+

Pensando na importância da luta e da celebração por trás da data, a Blink separou 15 séries e filmes para você comemorar com representatividade. Confira!

Euphoria (2019)

Uma série adolescente mais pesada, profunda e sombria, “Euphoria” explora diversos tipos de relacionamento, sendo o principal deles composto por Rue (Zendaya), uma jovem preta, e Jules, uma garota trans. A série explora dramas como drogas, sexo, busca pela identidade, traumas e mais! As duas temporadas já estão disponíveis na HBO.

Heartstopper (2022)

O clichê romance adolescentes que a gente ama! A história é baseada nos quadrinhos publicados na internet e que, posteriormente, se tornaram uma série de livros de Alice Oseman. “Heartstopper” nos apresenta Charlie, um aluno muito dedicado, mas que sofre bullying na escola desde que se assumiu gay.

Já Nick, é super popular e querido por ser um excelente jogador de rugby. Os dois acabam desenvolvendo uma amizade que se intensifica cada vez mais. A série está disponível na Netflix e a segunda temporada chega no streaming em 3 de agosto.

Com Amor, Simon (2017)

Primeiro filme de romance adolescente centrado totalmente em um romance gay, “Com Amor, Simon” mostra um garoto com um grande segredo: nunca revelou ser gay para sua família e amigos. E tudo fica mais complicado quando ele se apaixona por um dos colegas de escola. Você pode assistir ao filme no Star+.

Orange Is the New Black (2013)

Composta por mulheres presidiárias e seus uniformes laranja, “Orange Is the New Black” fala sobre as tensões e amizades dentre detentas e, por vezes, até um relacionamento amoroso ou sexual entre elas. A série conta com cinco temporadas disponíveis na Netflix.

Me Chame Pelo Seu Nome (2017)

A produção concorreu ao Oscar de Melhor Filme em 2018 e acabou vencendo na categoria Melhor Roteiro Adaptado. O filme sensível, artístico e polêmico entre os telespectadores, mostra o jovem Elio enfrentando outro verão chato na casa de seus pais na Itália. Mas tudo muda quando Oliver, um acadêmico que veio ajudar a pesquisa de seu pai, chega. O filme está disponível na Amazon Prime Video.

Hoje Eu Quero Voltar Sozinho (2014)

Leonardo, um adolescente cego, tenta lidar com a mãe superprotetora ao mesmo tempo em que busca sua independência. Quando Gabriel chega na cidade, novos sentimentos começam a surgir em Leonardo, fazendo com que ele descubra mais sobre si mesmo e sua sexualidade. O filme, que é brasileiro, está disponível na Netflix.

Seu Nome Gravado em Mim (2020)

Por volta dos anos 1950 a 1987, Taiwan viveu as duras repressões e perseguições estipulados pela lei marcial. E é justamente nesse período de tempo que Seu Nome Gravado em Mim, drama romântico de quase 2 horas de duração, se estrutura. Chang Jia-han e Birdy Wang, dois garotos que se apaixonam e, por esse motivo, precisam lidar com as pressões sociais e a homofobia – muito presentes no período. O filme está disponível na Netflix.  

Dickinson (2019)

Dickinson traz um olhar onírico para a biografia da autora Emily Dickinson. Emily Dickinson nunca se casou mas conta com inúmeros poemas de amor. A série, assinada por Alena Smith, explora detalhes da sexualidade da escritora, tendo como ponto de partida os seus poemas de amor escritos por volta dos anos 1850, publicados pela primeira vez 40 anos depois. Hailee Steinfeld (Emily Dickinson) contracena com Ella Hunt, que interpreta Sue Gilbert, esposa do irmão de Emily, por quem está apaixonada.

Moonligth: Sob a Luz do Luar (2016)

Vencedor do Oscar de Melhor Filme em 2017, “Moonlight” apresenta três etapas na vida de Chiron, o personagem principal, explorando as dificuldades que ele enfrenta no processo de reconhecimento de sua própria identidade e sexualidade, e o abuso físico e emocional que recebe ao longo destas transformações. Você pode assistir ao filme na HBO Max.

Sense8 (2015)

A série explora diferentes relações LGTQIA+ entre os personagens além de uma das oito protagonistas ser uma mulher trans – com todas as dores que isso carrega. De acordo com a sinopse oficial, a série conta a história de oito desconhecidos: Will Gorski, Riley Blue, Capheus “Van Damme” Onyongo, Sun Bak, Lito Rodriguez, Kala Dandekar, Wolfgang Bogdanow e Nomi Marks. Cada uma dessas pessoas é de uma cultura e um país diferente. Certo dia, eles descobrem estar mentalmente e emocionalmente ligados um ao outro, sendo capazes de se comunicar e apoderar-se do conhecimento, linguagem e habilidades alheias.

Você Nem Imagina (2020)

Aquele clichê não tão clichê quanto parece que com certeza vai deixar seu coração quentinho! Na produção original Netflix, Ellie Chu, a típica aluna deslocada que secretamente possui uma paixão pela bela Aster Flores. Quando Paul, um jogador de futebol, se aproxima de Ellie para pedir ajuda para escrever uma carta de amor para sua amada, ela entra em conflito sobre o que quer para seu futuro amoroso.

Sex Education (2019)

Em uma mistura de humor essencialmente britânico, Sex Education acompanha as experiências de Otis, o filho de uma mãe terapeuta sexual que é extremamente tímido e reprimido. Ao lado de Maeve começa uma clínica de terapia sexual clandestina na escola, como forma de lucrar em cima das dificuldades românticas e sexuais dos colegas. Usando a leveza do humor como instrumento, Sex Education é provocativa nas suas afirmações, ao mesmo tempo que traz discussões atualizadas e necessárias sobre autodescoberta, sexualidade e sexo.  A séria original da Netflix já esta em sua 3º temporada.

Young Royals (2021)

A série sueca gira em torno do príncipe Wilhelm, segundo na linha de sucessão ao trono. Por ter um irmão mais velho que nasceu sabendo que seria o príncipe herdeiro um dia, Willie teve uma vida de regalias e sem responsabilidades. Mas após um escândalo, o príncipe é mandado para um internato onde seu irmão mais velho estudou. E ao chegar, algo desperta a atenção de Wilhelm. Ou melhor, alguém: Simon.

A Vida Sexual das Universitárias (2021)

A série segue quatro colegas de quarto que aproveitam a liberdade no prestigioso campus do Essex College. Segundo a sinopse, a série “é um feixe de contradições e hormônios, essas meninas são em partes amáveis ​​e irritantes enquanto vivem suas novas vidas livres no campus”.

Harley Quinn ( 2019)

Depois de tantas idas e vindas, Harley Quinn finalmente termina seu relacionamento com o Coringa. Agora, ela tenta trilhar seu próprio caminho no mundo do crime de Gotham City: quer se tornar membro da Legião da Perdição. Para isso, ela vai receber a ajuda de outros vilões da cidade. A série tem 3 temporadas que podem ser assistidas na HBO Max.

#blinknews #blink102fm #campão #campograndems #radioblink #conteudoblink #blinkmultiplataforma #blinkplataforma360