Pesquisar
Close this search box.

Baixe o App

Adoção de cães mais velhos: adotar um filhote é sempre a melhor opção?

Quando falamos sobre adotar um bichinho de estimação, na hora vem na cabeça filhotinhos fofos, com cheirinho de leite na boca, fazendo xixi pela casa toda e mordendo as visitas. 

Muitos entendem que ao adotar um filhote, temos total controle sobre a “educação” do bichinho, desde ensinar onde fazer o xixi ou acostumá-lo aos irmãos, crianças da casa ou ambiente. Nem sempre a ideia sai como o planejado, pois com a rotina corrida, a maioria das famílias não tem o devido tempo ou a disposição necessária para ensinar um filhote sobre certo e errado dentro de casa, e filhote não assistido significa bagunça e ansiedade.

Por essas e outras razões, muitas famílias tem optado pela adoção de pets adultos, ou até mesmo dar uma nova família aos animais idosos que costumam passar o fim dos seus dias com outros cães em abrigos ou abandonados na rua.

Esse é o caso da família de Camila Mortari, que decidiu adotar no ano passado o Alfred, um idoso resgatado da rua por protetoras independentes e que hoje passa sua aposentadoria sendo muito bem cuidado e amado.

“Vi um stories de ONG pedindo lar temporário para um cão idoso e quis ajudar. No primeiro momento seriam apenas dois meses, no máximo. Mas, fomos “pegando” amor e no final o Alfred passou a ser nosso. A adaptação foi desafiadora no começo, como toda adaptação, ainda mais se tratando de um cão idoso. Ele ainda tem dificuldade em conviver com os gatos da casa, porém, passou a ser bem obediente com o tempo. Entende os comandos, e agora sabe que o território é dele também, pois fica alarmante quando uma pessoa que ele não conhece entra no terreno da casa.

É muito gratificante a adoção de um cão idoso. O Alfred é muito bonzinho. Parece que se sente agradecido pelo acolhimento. Acha que minha mãe é a mãe dele. Risos. Quando ela sai ele chora como um bebê no portão e quando ela chega faz festa. Passou a ficar mais feliz a cada dia. E adora ficar perto de nós.” disse Camila.

Os pets adultos e idosos esperam ansiosamente por uma segunda chance, e se você quiser fazer parte dessa chance, procure uma das diversas ONGs e protetores animais da capital, eles podem te auxiliar na busca por um novo amigo.

#blinknews #blink102fm #campão #campograndems #radioblink #conteudoblink #blinkmultiplataforma #blinkplataforma360 #blinkpets #pets #adoteumpet #protecaoanimal