Pesquisar
Close this search box.

Baixe o App

Empresa de Xuxa é condenada por plágio

Empresa foi condenada por apropriação indevida dos personagens A Turma do Cabralzinho

A empresa de Xuxa Meneghel, a Xuxa Promoções e Produções, foi condenada a pagar R$ 50,8 milhões após perder um processo de plágio. A ação foi movida pelo publicitário Leonardo Soltz, que acusou a empresa de apropriação indevida dos personagens A Turma do Cabralzinho.

Na decisão do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, o empreendimento teria que pagar R$ 4,5 milhões em indenização e R$ 46,3 pela tiragem da revista publicada, reprodução de imagens e mais ganhos com os personagens.

O processo que corre na Justiça desde 2004 e é baseada no lançamento Turma da Xuxinha Descobrindo o Brasil, de 1999, que celebra os 500 anos da chegada dos portugueses ao Brasil a um representante da empresa de Xuxa em 1998 e teve a proposta negada, mas, a apresentadora teria se apropriado dos personagens criados por ele — Bebel, Caramirim, Cabralzinho, Purii e Quim — e os utilizado no infantil.

Ainda cabe recurso.

#blinknews #blink102fm #campão #campograndems #radioblink #conteudoblink #blinkmultiplataforma #blinkplataforma360