Pesquisar
Close this search box.

Baixe o App

Empresário de Alexandre Pires é preso por ligação com garimpo ilegal

Pagodeiro é suspeito de receber mais de R$ 1 milhão da mineradora investigada

Matheus Possebon, empresário do cantor Alexandre Pires, foi preso preventivamente pela Polícia Federal de Santos, no litoral de São Paulo, após desembarcar do cruzeiro temático do artista. Ele, outros empresários e garimpeiros são investigados por movimentarem R$ 250 milhões em transações com cassiterita, minério usado para a produção de tintas, plásticos e fungicida, e que foi extraído ilegalmente da Terra Indígena Yanomami.

O cantor Alexandre Pires foi conduzido à sede da PF em Santos, ouvido e liberado. Ele é suspeito de ter recebido ao menos R$ 1 milhão de uma mineradora investigada em um esquema de financiamento e logística do garimpo ilegal.

Em nota, a Opus Entretenimento, que tem entre seus executivos Matheus Possebon, e é responsável pela gestão da carreira de Alexandre Pires, disse desconhecer qualquer atividade ilegal relacionada a funcionários e parceiros. A empresa ainda manifestou solidariedade ao artista e disse que segue “confiando em sua idoneidade e no completo esclarecimento dos fatos”.

#blinknews #blink102fm #campão #campograndems #radioblink #conteudoblink #blinkmultiplataforma #blinkplataforma360