Pesquisar
Close this search box.

Baixe o App

Futuro sem carrapatos

Medicamento em desenvolvimento pode prevenir totalmente a doença de Lyme e garantir a eliminação dos carrapatos antes que possam transmitir a doença.

Uma nova pílula para prevenir a doença de Lyme está sendo desenvolvida e mostrou-se promissora em ensaios clínicos, indicando a possibilidade de uma nova forma de evitar contraí-la e outras doenças transmitidas por carrapatos. Carrapatos, pequenos parasitas, podem transmitir a doença de Lyme e outras infecções a humanos e animais por picadas, geralmente indolores, tornando essencial tomar precauções ao realizar atividades ao ar livre. Embora existam vacinas para animais, a vacina para humanos foi descontinuada em 2002 devido à baixa demanda, deixando poucas opções de proteção contra doenças transmitidas por carrapatos. Com as mudanças climáticas expandindo as regiões propícias para carrapatos, há uma necessidade urgente de melhores opções de prevenção.

A Tarsus Pharmaceuticals desenvolveu o TP-05, uma pílula destinada a prevenir a doença de Lyme, eliminando os carrapatos antes que possam transmitir a doença. Os resultados de um ensaio de fase 2a mostraram que altas doses do TP-05 resultaram em uma taxa média de sobrevivência de carrapatos de apenas 3% a 7%, em comparação com 95% no grupo placebo. Além disso, após 30 dias, as taxas de sobrevivência permaneceram baixas nos grupos de dose alta e baixa. Isso sugere que o TP-05 pode oferecer proteção rápida e duradoura contra várias doenças transmitidas por carrapatos, como destacado pelo principal investigador do estudo, Linden Hu.

Se comprovada sua eficácia e duração, o medicamento poderá ser tomado apenas algumas vezes por ano, o que seria particularmente útil, considerando que a doença de Lyme atinge o pico nos meses de verão, quando os carrapatos são mais ativos. No entanto, são necessários ensaios maiores para confirmar a eficácia do TP-05 em matar rapidamente os carrapatos e determinar a duração da proteção. Se bem-sucedido, esse medicamento pode oferecer às pessoas uma maneira mais eficaz de se protegerem contra a doença de Lyme e outras doenças transmitidas por carrapatos, sem depender apenas de repelentes de insetos e detecção precoce de carrapatos.

Fonte: Big Think.