Pesquisar
Close this search box.

Baixe o App

Israel mata 500 pessoas em bombardeio a hospital em Gaza

Ataques atingiram cidades do sul, inclusive Rafah, na fronteira com o Egito, e Khan Younes

Um ataque áereo de Israel atingiu nesta terça-feira (17) um hospital na Cidade de Gaza e deixou ao menos 500 mortos. O hospital, Ahly Arab, além de cuidar de feridos vinha servindo de abrigo para civis. O bombardeio é um dos maiores já registrados em Gaza.

No início da semana, Israel pediu que moradores se retirassem de todo o norte da Faixa de Gaza, incluindo a Cidade de Gaza. Segundo escritório da Organização das Nações Unidas (ONU), a ordem israelense pode configurar crime internacional.

O presidente da Autoridade Nacional Palestina, Mahmoud Abbas, declarou luto oficial de três dias nos territórios palestinos – a Faixa de Gaza e a Cisjordânia.

O Conselho de Segurança da ONU deve votar ainda nesta terça-feira, a resolução brasileira que pede condenação do Hamas por seus ataques a Israel.

Entrando em eu 11º dia de conflito, a guerra entre Israel e Hamas já deixou 4.400 mortos. 3. mil palestinos e 1.400 israelenses, a grande maioria civis.

#blinknews #blink102fm #campão #campograndems #radioblink #conteudoblink #blinkmultiplataforma #blinkplataforma360