Pesquisar
Close this search box.

Baixe o App

Parada da Diversidade em Campo Grande

‘Discurso de Ódio não é Liberdade de Expressão’: Parada Gay de Campo Grande será em julho

Colaboradora do evento diz que ato é dia de luta por direitos

A Parada da Diversidade Sexual de Campo Grande está agendada para dia 22 de julho deste ano, segundo os organizadores. O tema de 2023 é: ”Discurso de Ódio não é Liberdade de Expressão. Eu exijo Respeito”. 

A organização do evento é da Associação de Travestis e Transexuais de Mato Grosso do Sul – ATTMS, cuja presidente é Mikaella Lima Lopes. Quem trouxe os detalhes da festividade é a Coordenadora Municipal LGBT+, Cris Stefany. 

Cris detalhou que o local será o mesmo dos anos anteriores, sendo a concentração na Praça do Rádio Clube. Em seguida será feita uma caminhada pela Rua Padre João Crippa; Dom Aquino; Calógeras e Barão do Rio Branco até a praça novamente. 

A ativista, que também é presidente de honra da ATTMS, destacou que o evento, que começa às 14h e vai até 23h, não coloca estimativa de público, mas pede que todos contribuam na luta. 

” … por mais que alguns pensem que a parada é uma feta ou carnaval fora de época, há um engano, pois é dia de luta de comemoração pelo 28 de junho de 1969”, detalhou Stefany, se referindo ao Movimento Stonewall Inn, ocorrido nos Estados Unidos. Foram dias de protestos e enfrentamento à polícia da época, acusada de perseguir homossexuais. 

Cris Stefany não deu estimativa de público, mas observa que em 2022 o evento atraiu 25 mil participantes. Ela observou que pessoas e entidades de todos os municípios do Mato Grosso do Sul são convidados. 

O evento é da ATTMS, com apoio estrutural da Prefeitura de Campo Grande e Governo do MS. 

Informações: Top Mídia News