Pesquisar
Close this search box.

Baixe o App

Por que os gatos ‘amassam pãozinho’?

Os proprietários de gatos adoram quando seus felinos realizam o gesto de “amassar pãozinho”. 

Esse comportamento, muitas vezes é comparado ao ato de preparar massas, os gatos massageiam a barriga de uma pessoa ou uma superfície usando suas patas dianteiras, em um ritmo relaxante.

Se você já observou um gato fazendo isso, provavelmente se perguntou sobre a razão por trás desse comportamento

Esse hábito pode nos dizer algo sobre o estado emocional dos felinos?

Os gatos começam a amassar desde os primeiros dias de vida, quando são recém-nascidos e estão na fase de amamentação. Esse comportamento está relacionado à sucção e auxilia na estimulação do suprimento de leite materno, através da liberação de ocitocina (conhecido como o hormônio do amor). É provável que essa ação tenha evoluído por essa razão.

Além disso, o ato de amassar possui outra vantagem evolutiva. Ele pode ser utilizado como uma forma de comunicação tátil e de feromônios entre o filhote e a mãe. 

Os gatos possuem glândulas odoríferas nas partes macias das patas e, ao amassar, essas glândulas liberam feromônios, que são mensagens químicas utilizadas para se comunicar.

Quando o gato amassa a mãe, os feromônios liberados estão associados à conexão, identificação ou podem transmitir outras mensagens, como informações sobre o estado de saúde. 

Um desses feromônios, conhecido como “feromônio apaziguador do gato”, é liberado pelas glândulas sebáceas ao redor das glândulas mamárias.

Qual é a razão pela qual persistem nesse comportamento ao alcançar a idade adulta?

Embora o comportamento de amassar seja fundamental na evolução para estimular a produção de leite e expressar mensagens táteis e químicas entre o gatinho e a mãe, também é comum em gatos adultos, devido a um fenômeno chamado neotenia. Isso ocorre quando um animal mantém traços físicos ou comportamentais de bebê até a idade adulta. 

Tais características provavelmente oferecem vantagens aos gatos quando precisam interagir com humanos, outros gatos ou animais em casa.

O ato de “amassar pãozinho”, em particular, pode persistir na idade adulta porque auxilia na transmissão de mensagens. Quando um gato faz isso em seu colo, é sua maneira de expressar “estamos conectados” ou “você faz parte do meu grupo social”.

 Podemos até interpretar de forma mais humana como “você é a minha pessoa”. Além disso, podemos incentivar esse comportamento recompensando o gato quando ele o faz.

Alguns gatos também gostam de amassar cobertores macios ou lã enquanto lambem o material, como se fosse um mamilo. Isso pode proporcionar relaxamento ou tranquilidade devido a essa associação.

Significa algo para a saúde do seu pet?  

Quanto à saúde, o ato geralmente indica que o gato está confortável. No entanto, se o comportamento, especialmente a sucção, ocorrer com muita frequência, por longos períodos, parecer compulsivo ou causar ferimentos nas patas, pernas ou boca, pode ser um sinal de que o gato está estressado ou com dor, exigindo atenção veterinária.

 Esse problema é particularmente comum em gatos siameses e birmaneses.

Assim como as pessoas, os gatos são indivíduos e gostam de demonstrar conforto ou afeto da sua própria maneira.