Pesquisar
Close this search box.

Baixe o App

Saiba como preparar seu pet para a chegada do bebê

Com o bebê chegando, a necessidade de uma comunicação clara com o seu pet é algo ainda indispensável. Comandos básicos, como “senta”, “fica”, “vem”, “solta” e “não”, são o básico para ajudar a manter o controle sobre o seu pet e estabelecer uma base sólida para uma convivência segura e harmoniosa com o novo integrante da família.

Simule a presença do bebê

Duas principais maneiras de fazer isso:

  • Use uma boneca: faça movimentos que você fará com seu filho, como ninar, sentar para amamentar, caminhar pela casa com ele no colo. Nesse momento, aplique os

comandos ensinados e recompense o bom comportamento do pet com petiscos.

  • Mostre os acessórios: carrinho, bebê conforto, berço, brinquedos. Interaja com esses itens na presença do seu pet para que ele se familiarize. Não deixe de aplicar os comandos e fazer uma associação positiva com petiscos.
  • Exponha o pet a cheiros: use loções, óleos ou produtos de higiene infantil no seu próprio corpo para que o seu pet associe esses cheiros ao seu toque. Colocar na boneca uma roupinha do bebê com o cheiro dos produtos infantis pode ajudar também. Associe com petiscos e carinho.
  • Exponha o pet a sons: reproduza gravações de sons de bebês, como choros suaves e gargalhadas, para que o seu pet se acostume a esses sons. Associe com petiscos e carinho.

Socialize o pet com crianças e bebês

Se você tiver amigos ou familiares com bebês ou crianças pequenas, aproveite para socializar seu pet com eles.

A exposição a outros bebês e crianças pode ser benéfica, especialmente se o seu pet não está acostumado a interagir com os pequenos. Isso pode ajudar a reduzir o medo e a ansiedade quando seu bebê estiver em casa.

Mais uma vez (e sempre), use os comandos e muito reforço positivo, ou seja, petisco, carinho e brincadeiras.

Já se o seu pet já não gosta de crianças ou demonstra ciúmes em relação a você, é importante tratar esse comportamento antes do bebê chegar. Consultar um profissional de comportamento canino pode ser uma opção valiosa. Indico os educadores da minha equipe Cão Cidadão.

Prepare a casa 

Adaptar o ambiente da sua casa para garantir a segurança de ambos antes da chegada do bebe. Isso envolve a criação de áreas restritas onde o seu pet pode se aproximar com segurança do bebê e áreas onde ele não deve ter acesso.

Além de reforçar as áreas permitidas, brincando bastante com o pet nesses locais, treinando comandos, dando carinho e petiscos.

Apresente pet e bebê de forma segura

Na hora do encontro, o ideal é que o animal esteja de alguma forma contido, seja na guia ou atrás do portãozinho. Deixe o pet cheirar o bebê de forma segura e use os comandos e para acalmá-lo e esteja atento a sinais de estresse no seu pet e afaste-o, se necessário.

Caso ele esteja tranquilo, experimente deixá-lo entrar no ambiente que você estiver. E sempre recompense os bons comportamentos.

Atenção para não excluir o pet
Envolva outros membros da família em cuidados e brincadeiras com o pet desde a gravidez e seguir assim depois que o bebê nascer.

E nos momentos de amamentação, por exemplo, é possível deixar o animal com um brinquedo recheado perto da mãe e do bebê!

#blinknews #blink102fm #campão #campograndems #radioblink #conteudoblink #blinkmultiplataforma #blinkplataforma360