Pesquisar
Close this search box.

Baixe o App

Solo de Maceió afunda quase 1,5 metro em quatro dias

Desabamento pode abrir cratera do tamanho do Maracanã

O solo de uma das 35 minas da Braskem para extração de sal-gema em Maceió que estava sob risco iminente de desabar já cedeu 1,87 m. Segundo a Defesa Civil Municipal, a mina está cedendo a uma velocidade de 62 centímetros por dia.

As primeiras rachaduras em casas e ruas do local começaram a parecer em 2018, desse ano até 2023, mais de 14 mil imóveis foram desocupados em 5 bairros da cidade, afetando mais de 55 mil pessoas.

O colapso na mina 18, localizada no bairro do Mutange, pode abrir uma cratera do tamanho do estádio do Maracanã.

Os moradores questionam a maneira como a retirada está sendo feita, já que reivindicaram realocação durante anos, mas só foram retirados da região depois da decisão judicial.

A Braskem, empresa responsável pela mineração, informou que continua monitorando a situação da mina 18 e que “continua tomando todas as medidas cabíveis para minimização do impacto de possíveis ocorrências” e segue colaborando com as autoridades competentes.

#blinknews #blink102fm #campão #campograndems #radioblink #conteudoblink #blinkmultiplataforma #blinkplataforma360