Pesquisar
Close this search box.

Baixe o App

Tratamento de água na Suíça é capaz de remover nanoplásticos da água potável

Pesquisadores da Suíça lançaram um projeto para revolucionar as estações locais de tratamento de água e conseguiram bons resultados

Cientistas da Eawag Aquatic Research e Zurich Water Works descobriram que os filtros lentos de areia biologicamente ativos retinham mais de 99,9% das partículas de plástico, mesmo aquelas menores que um milésimo de milímetro, chamadas de nanoplásticos.

Segundo comunicado do Dr. Ralf Kägi, do Departamento de Engenharia de Processos da Eawag, as análises de terceiros não detectaram microplásticos nas profundidades em que a água do lago foi coletada (cerca de 30 metros). Com os resultados, os pesquisadores presumem que quase nenhum nanoplástico existirá lá também.

A equipe de pesquisa primeiro realizou experimentos em pequena escala no laboratório usando filtros de areia, depois mudou-se para a instalação de tratamento de água do lago na Zurich Water Works, de onde a água potável é canalizada para residências, hospitais e restaurantes. Em ambos os casos, os pesquisadores mal conseguiram encontrar vestígios de polímeros.

Ao rotular um monte de partículas nanoplásticas na fonte, os pesquisadores puderam rastrear sua rota através do processo de tratamento de água até sua localização final usando um espectrômetro de massa.

#blinknews #blink102fm #campão #campograndems #radioblink #conteudoblink #blinkmultiplataforma #blinkplataforma360