Pesquisar
Close this search box.

Baixe o App

Um final emocionante!

Fotos: NBC News.

Essa história emocionante narra a jornada de Malak, uma bebê encontrada em uma árvore após uma explosão em Gaza, que agora encontrou um novo lar com a pediatra que cuidou dela no hospital.

Malak, batizada de “Desconhecida” quando deu entrada no Hospital dos Emirados em Gaza aos 6 meses, foi deixada sem nenhum parente após a tragédia. A pediatra Amal Abu Khatleh, tocada pelo caso, decidiu adotá-la após desenvolver um vínculo especial com a criança durante seu tratamento.

A história de Malak é um retrato doloroso dos horrores da guerra em Gaza, onde os bombardeios deixaram milhares de mortos e desabrigados. Encontrada em uma árvore próxima à casa destruída de sua família, Malak foi resgatada em estado frágil, aparentando ter apenas dois dias de vida.

Após receber os primeiros cuidados no Hospital Al-Shifa e ganhar o nome de Malak, que significa “anjo” em árabe, a bebê foi transferida para o Hospital dos Emirados devido à aproximação da guerra. Foi lá que Amal Abu Khatleh entrou em sua vida e decidiu adotá-la.

A médica enfrentou o processo burocrático para adotar Malak e obteve permissão do Ministério da Saúde de Gaza. Levou a bebê para casa e prometeu cuidar dela como uma mãe dedicada.

A família de Amal apoiou sua decisão de adotar Malak e a trata como uma filha biológica. A bebê está se recuperando bem, tanto fisicamente quanto emocionalmente, do trauma que viveu.

Sobre o futuro de Malak, Amal confia que Deus guiará seu caminho. Esta história ilustra o poder do amor e da compaixão em meio à tragédia, oferecendo uma nova chance de vida para uma criança que enfrentou o pior.

Fonte: Só Notícia Boa.