Pesquisar
Close this search box.

Baixe o App

Você acredita em amor à primeira vista?

Quem nunca ouviu falar da expressão “amor à primeira vista”, especialmente em filmes e livros de romance.

Hoje (17) no Café com Blink foi abordado o velho questionamento: existe amor à primeira vista?

As opiniões durante o programa ficaram divididas, uma parte diz não acreditar, que o amor precisa ser construído e desenvolvido com o tempo, e que o que pode acontecer é uma atração à primeira vista. 

Porém, outra parte dos ouvintes da Blink contam que é sim possível acontecer. Expõem até que já se apaixonaram à primeira vista e está com essa pessoa até hoje, formou família e está muito feliz.

Mas o que diz a ciência?

A questão do amor à primeira vista tem sido assunto de debate constante, e parece que a ciência está cada vez mais próxima de oferecer uma resposta. Pesquisadores da Universidade Hebraica de Jerusalém, em Israel, conduziram um estudo que sugere que a paixão entre duas pessoas pode ser despertada em apenas dois minutos após o encontro, caso haja uma conexão fisiológica entre elas.

Publicado, o estudo envolveu homens e mulheres que utilizaram pulseiras para medir a atividade eletrodérmica (propriedade do corpo humano que causa contínuas variações nas características elétricas da pele) durante seus primeiros encontros. Os resultados revelaram que o padrão de comportamento dessas pessoas mudava poucos minutos após se encontrarem.

Após os encontros, os participantes responderam a um questionário que revelava seus sentimentos, interesses e atração pelo outro. Com base nessas respostas, os pesquisadores sustentam que a sincronia biológica é um dos principais fatores que levam à paixão humana.

Especialistas explicam que à primeira vista só a paixão pode acontecer. E a explicação é tudo menos romântica: é química. Os hormônios que possuímos podem levar uma pessoa a encontrar alguém cuja imagem e voz desencadeia de imediato uma resposta química que corresponda à paixão, a fase anterior à da ligação profunda que é o amor. 

Então não, a maioria das pesquisas comprova que não existe amor à primeira vista.