Pesquisar
Close this search box.

Baixe o App

Benefícios que bichos de estimação trazem à saúde

De reduzir estresse até detectar câncer, animais podem ser muito benéficos à saúde, segundo pesquisas


1. Companheirismo reconfortante

Eles são graciosos e bons companheiros, mas não apenas isso. Animais de estimação fazem bem à saúde. A presença de animais de estimação pode oferecer um apoio emocional valioso, proporcionando companheirismo e conforto nos momentos de necessidade.

2. Redução do estresse

Um estudo feito pela Universidade Estadual de Nova York, nos Estados Unidos, mostrou que os bichos de estimação são ótimas companhias para combater o estresse, a interação com animais de estimação pode diminuir os níveis de estresse, oferecendo uma sensação de calma e tranquilidade.

3. Pet diminui a depressão

A tristeza também vai embora com mais facilidade para as pessoas que têm animais. A convivência com animais de estimação pode ajudar a aliviar os sintomas da depressão, contribuindo para a redução da solidão, ansiedade e tristeza.

4. Diminuição do risco de alergias em crianças

Muitos pais podem escolher não ter um animal em casa para evitar que os filhos desenvolvam alergias. Contrariamente à crença popular, a presença de animais de estimação em casa pode realmente reduzir as chances de as crianças desenvolverem alergias, fortalecendo o sistema imunológico delas.

5. Animal em casa faz bem para o coração

Além do amor, os cães, gatos e outros pets ajudam de outra forma o coração dos donos. Ter um animal de estimação em casa está associado a uma redução da pressão arterial, do colesterol e dos níveis de triglicérides, ajudando assim a prevenir doenças cardiovasculares.

6. Cachorros ajudam a detectar câncer

Cães podem ser úteis aos donos e médicos na detecção de câncer em diversas regiões do corpo, como pele, bexiga, pulão, mama, ovário e colo. O diagnóstico é feito ao farejarem o local doente e é possível que os cachorros sejam até treinados para fazer esse tipo de descoberta. De acordo com especialistas, a precisão deles pode variar nas faixas de 80% e 90%.

7. Cães podem detectar hipoglicemia

Segundo um estudo conduzido pela Universidade Belfast do Queens, na Irlanda, e pela Universidade de Lincoln, na Inglaterra, diabéticos ou outras pessoas que têm bruscas quedas de níveis de açúcar no sangue podem treinar seus cães para ajudar a evitar crises de hipoglicemia. A pesquisa indica que cachorros seriam capazes de detectar uma redução do índice glicêmico, ao perceber sinais diferentes de comportamento, que o dono pode não perceber, e ao sentir a liberação de feromônios por meio do suor. Ainda não há uma conclusão fechada sobre o tema, mas um método a mais para prevenir o problema seria bem-vindo.

8. Cachorros ajudam no emagrecimento

Passear com o cachorro é bom para ele e para o dono, de acordo com levantamento do Instituto Wellness, no Hospital Northwest Memorial. As caminhadas com o pet são boas para manter e perder peso, e, segundo outro estudo do Instituto Nacional de Saúde (NHI), dos Estados Unidos, os responsáveis pela saída diária são menos propensos à obesidade, se comparados com quem não possui animal de estimação.

9. Gatos reduzem risco de AVC

Estudos indicam que a presença de gatos em casa pode estar associada a uma redução do risco de acidente vascular cerebral (AVC) e outras doenças cardiovasculares, possivelmente devido aos efeitos calmantes e redutores de ansiedade proporcionados pela convivência com esses animais.

Fonte: Exame